PortuguêsEnglishDeutsch
Edição 835
2014-07-24 > 2014-07-30
Tel.: 282 418 881
Recuperar SenhaRegistarClassificados GratuitosArtigosTema da SemanaReportagemEntrevistaActualidadeOpiniãoRestaurantesPublireportagemO AlgarveDirectórioAjuda
InícioArtigosRestaurantesRestaurante Sérgio

Olhão

Restaurante Sérgio

“O paladar é um dom”. Um lema simples mas que sintetiza muito bem o espírito desta casa. Está aberta há cerca de oito anos. Aqui pratica-se uma cozinha de influência francesa.
Bruno Filipe Pires, 16 Mar 2010 17:00, Sem Comentários »
Bruno Filipe Pires

Um menu invulgar que agrada quer à clientela local, quer aos vários estrangeiros que aqui vêm. À hora do almoço, a refeição completa custa 8 euros. Há sempre um prato do dia pronto a sair (durante a nossa visita, era carne de vaca com molho de cogumelos e natas).

Se não gostar, pode escolher entre 16 outros pratos sem que isso mude o preço.

Por exemplo, bife de peru grelhado com ananás, fígado de cebolada, dourada, robalo e salmão grelhado – só para citar alguns. Um dos mais pedidos, pela sua fama é o bacalhau à Brás, feito na hora.

Todos os pratos são acompanhados por umas deliciosas batatas fritas em cubos, com bacon e ervas acromáticas.

As especialidades só se servem à noite – lombinhos de porco com molho de amendoim, mostarda ou maçã (€9,90). Na lista de sugestões há ainda os peitos de frango com banana (€9,90), os medalhões de novilho com molho de alho francês (€13), o carré de borrego com ervas frescas (€12.50) e o peito de pato com vinho do Porto (€11.50).

A única excepção ao almoço é o bife na pedra (€13). E vale a pena. É um pedaço de lombo de novilho, tenro como manteiga. Vem a fumegar (atrai todas as atenções), acompanhado por vários molhos e uma fantástica salada de fios de beterraba.

Aconselhamos ainda uma entrada incrível – maçã com queijo de cabra quente (€3,50). Pelo que vimos e provámos, aqui, os bons garfos mais exigentes ficarão satisfeitos.

Recomendamos ainda que se guarde lugar para as sobremesas caseiras (crepes, gelados, esparguete de maçã, entre outros tesouros).

Resta dizer que o ambiente é informal e o serviço (feminino) atencioso.

A forma mais fácil de aqui chegar é atravessar Olhão pela EN125 na direcção de Tavira. A última rotunda dá acesso a uma ponte em direcção à doca e zona industrial. Siga por aí. Vire à direita na segunda saída (há uma placa que diz «Siroco»). Passe por debaixo da ponte e verá o restaurante uns metros à frente.

Bom apetite!

Especialidades: cozinha francesa e portuguesa; Horário de funcionamento: Fechado ao Domingo e Segunda-feira ao Almoço; Bebidas: pequena selecção de vinhos portugueses; Cartões de Crédito: Visa e Multibanco; Conta: €18.50 (1 pax); Proprietário: Sérgio e Nídia Lda.; NIF 504 809 809.

Comentários
Faça login ou registe-se para poder fazer um comentário.Sem comentários. Seja o primeiro a fazer um.